TSE julga nesta terça diplomação de vereadores e Garotinho

Será nesta terça-feira (16), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o julgamento dos três Habeas Corpus que podem garantir a diplomação e posse dos seis vereadores de Campos que não o foram em 2016 – Linda Mara Silva (PTC), Ozéias Martins (PSDB), Miguelito (PSL), Kelinho (PR) e Thiago Virgílio (PP), que chegaram a ser presos na Operação Chequinho, da Polícia Federal. Jorge Rangel (PTB) é outro que aguarda diplomação. A decisão foi tomada na sessão plenária da Corte na última quinta-feira (11). Um dos HCs beneficia o ex-governador Anthony Garotinho que pede seus direitos de liberdade de expressão e do exercício da profissão de jornalista.

Na semana retrasada um pedido de vistas do processo fez com que a decisão fosse agendada para a semana passada. Agora um novo pedido de vistas do processo feito pelo ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, que substitui Luciana Lóssio, adiou mais uma vez a decisão para esta terça-feira.

Por enquanto há um empate na votação, dois votos favoráveis e dois contrários. O advogado de defesa, Fernando Fernandez, durante a sessão classificou como perseguição política as acusações que os réus são acusados.

*Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: