TSE decide nesta terça HC de Garotinho

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou no final da tarde desta segunda-feira (25) que o pedido de habeas corpus feito pelo ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, será decidido na sessão desta terça-feira (26). Garotinho está em prisão domiciliar em sua residência no bairro da Lapa, em Campos, desde o dia 13 de setembro.

Em entrevista ao site SRZD, a esposa de Garotinho, a também ex-governadora do Rio, Rosinha Garotinho diz estar esperançosa em uma decisão favorável a seu marido por parte do TSE.

“Sim. Muito. Porque ao meu ver a decisão do juiz de 1ª instância é uma afronta a Constituição. No caso específico de proibir o Garotinho de dar entrevistas ou emitir opiniões é uma censura que não cabe em nenhuma democracia. Vejam, por exemplo, o Eduardo Cunha condenado com provas de corrupção escreve e publica artigos de dentro da prisão, como saiu em um jornal de grande circulação. A prisão do Garotinho é por suspeita de uso indevido de um programa social para compra de votos e está amordaçado. Mas voltando a prisão de 1ª instância, é tão absurda que o STF está discutindo rever a decisão de prisão em 2ª instância antes de se esgotarem todos os recursos. Quero lembrar que em recente entrevista a ministra Carmen Lúcia, presidente do Supremo, afirmou que: “cala a boca já morreu”. Em Campos algumas pessoas não entenderam o que disse a ministra”, afirmou Rosinha.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: