Terça-feira: TSE pode causar reviravolta na Câmara de Vereadores de Campos e liberar Garotinho

Deverá sair na próxima terça-feira (9) a decisão sobre a diplomação de vereadores que não o foram em dezembro de 2016 por suposto envolvimento na Operação Chequinho, da Polícia Federal, e também sobre a liberação do ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR), que permitiria a ele se pronunciar a respeito do mesmo processo.  Na última quarta-feira (4), em sua despedida, a ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio, votou de forma favorável aos pedidos dos políticos de Campos.

“Eu estou concedendo a ordem para revogar as medidas cautelares que suspenderam o exercício da função publica dos cargos de vereador a fim de que os pacientes possam ser diplomados imediatamente” se pronunciou Lóssio. Em relação a Garotinho, a decisão não foi diferente. “A restrição da liberdade de expressão e exercício da profissão de jornalista do paciente Anthony Garotinho, eu também estou concedendo a ordem para que seja suspensa esta medida’, declarou a ministra do TSE.

Um pedido de vistas do processo por parte do ministro Admar Gonzaga, interrompeu o julgamento “devido o adiantar da hora’ que voltará ao plenário do TSE na semana que vem. Caso os outros ministros da Corte acompanhem o voto de Lóssio, haverá uma nova dança das cadeiras na Câmara de Vereadores, ou seja, quem foi eleito no ano passado, mas acabou não sendo diplomado assume, e os que entraram como suplentes terão que deixar o Poder Legislativo. Os vereadores afastados também retornariam.

Por decisão do juiz da 100ª Zona Eleitoral, Ralph Manhãs, seis vereadores eleitos no pleito de 2016 em Campos, tiveram suas diplomações suspensas: Linda Mara (PTC), Kellinho (PR), Miguelito (PSL), Ozéias (PSDB) e Thiago Virgílio (PP), que chegaram a ser presos na Operação Chequinho, e Jorge Rangel (PTB).

Rep: Márcio Fernandes

Foto: Divulgação

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: