Segunda-feira de caos em Campos; servidores da Prefeitura entram em greve

Campos amanheceu um caos nesta segunda-feira (4). Logo cedo servidores públicos municipais em greve bloquearam a entrada da Prefeitura. No Hospital Geral de Guarus (HGG) somente funcionou a emergência. Motoristas de ônibus realizaram uma paralisação.

O movimento grevista reuniu principalmente quem trabalha na Saúde, Educação, Guarda Civil, e Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT). Em outros pontos do município também ocorreram manifestações como em Guarus, Conselheiro Josino, Babosa, Farol de São Tomé e na Ponte da Lapa. O Governo diz que a adesão a greve é pequena.

A paralisação vai durar uma semana, segundo informou o Siprosep, sindicato que representa a categoria. “Vale alimentação até hoje nada, aumento dos servidores até hoje nada. Eles só querem mexer com os servidores”, reclama o presidente do Siprosep, Sérgio Almeida. Servidores da Educação denunciam que nas escolas estaria faltando até folha para os professores aplicarem as provas. A limpeza pública está parada desde a última sexta-feira (1).

Em Conselheiro Josinho, na região norte de Campos, um grupo de moradores ateou fogo em galhos e pneus para fechar a BR-101. A Polícia Rodoviária Federal disse que a motivação do protesto é a precariedade do transporte público na localidade. Depois de três horas de paralisação o trânsito foi liberado.

A greve que começou nesta segunda-feira (4) já estava decidida desde 24 de agosto. Os servidores reivindicam melhores condições de trabalho, reajuste salarial, gratificações, eleições para diretores de escolas, retorno do plano de saúde, benefícios e carga horária que foram reduzidas pelo prefeito Rafael Diniz.

O Procurador Geral do Município, José Paes Neto, disse que a adesão ao movimento é pequena, e culpou o governo anterior. “Assumimos o municípios numa situação de caos financeiro e administrativo e não é possível resolver tudo em oito meses”, afirmou ele.

*Redação

*Foto de internauta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: