Saquarema: idoso morto com suspeita de febre amarela tinha leptospirose

A suspeita de que um homem de 66 anos havia morrido de febre amarela, em Saquarema (RJ), acabou não se confirmando. De acordo com a prefeitura, na verdade o óbito foi por leptospirose. De acordo com uma comunicado da Secretaria Municipal de Saúde o exame feito no Laboratório Central Noel Nutels (Lacenn) deu negativo para febre amarela.

Na tarde deste sábado (22), circulou na mídia e nas redes sociais a suspeita de que o idoso teria morrido com febre amarela. Porém, a prefeitura diz que, até o momento, não existe nenhum caso ou suspeita da doença em Saquarema.

A vacinação contra a febre amarela continua ocorrendo nos postos de saúde dos bairros e também no Camis, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas.

Entenda o caso

Segundo informações da Secretaria de Saúde, o paciente, um homem de 66 anos, deu entrada no Hospital Nossa Senhora de Nazareth, em Bacaxá, quando foi levantada a suspeita de Síndrome de Guillant Barret, depois acabou sendo levantada a suspeita de leptospirose, até por conta de relatos da família sobre ratos no local e criação de animais. O que acabou sendo confirmado.

Rep: Márcio Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: