Safra de cana 2017/18 no interior do Rio deve cair 15% em relação a passada

A Cooperativa Agroindustrial do Estado do Rio de Janeiro (Coagro), inicia nesta quinta-feira (20) a safra de cana de açúcar 2017/2018, antes nesta erça-feira (1*, às 10h30 haverá um culto ecumênico na usina. A informação é do presidente da Cooperativa, Frederico Paes. Segundo ele a safra que começa deverá ser 15% menos que a anterior que chegou a 1,4 milhão de toneladas.

O setor vem se recuperando lentamente nos últimos anos, depois da forte estiagem no ano de 2014, quando a região viveu a pior estiagem dos últimos 100 anos. A expectativa para esse ano é de um volume menor de cana, já que não houve plantio em 2016. Mesmo diante deste quadro, a Coagro espera moer mais do que no ano passado, por causa do número de cooperados ativos.

A região que sofreu nos últimos três anos com a falta de chuva apresentou uma recuperação do índice pluviométrico. Em 2014 foram apenas 560 milímetros, ano crítico para os produtores de cana. Em 2015 o volume de chuva aumento para 814 milímetros e no ano passado atingiu 900 milímetros. Diante desse volume crescente de chuva, áreas que estavam com cana ruim estão sendo plantadas pelos cooperados. Diante do aumento dessas áreas, para 2017/2018, o setor espera recuperar.

“Estamos vivendo a retomada. Tivemos uma safra comprometida em 2014/2015 por causa da seca. Ano passado tivemos dos bons preços, nas ficamos a mercê do clima. Por isso, estamos buscando a médio prazo projetos de irrigação. A exemplo da ultima safra, a Coagro tem a tendência de produzir açúcar também este ano”, explicou Frederico que acrescentou que os preços este ano devem ser mantidos dentro da média. “Não deve haver mudança para alto nem para o baixo, dentro da média”, finalizou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: