Rafael Diniz pede a secretários esforço na conclusão da reforma administrativa

Representantes de todas as secretarias, superintendências, fundações e autarquias da prefeitura participaram, no início da tarde desta segunda-feira (24), de reunião para tratar da reforma administrativa na administração municipal. O encontro, no auditório do Centro Administrativo Municipal José Alves de Azevedo, foi aberto pelo prefeito Rafael Diniz, que voltou a destacar a delicada situação financeira e a necessidade da colaboração de todos.

“Trabalhamos com um Orçamento com R$ R$ 1,4 bilhão a menos em relação ao do ano passado. Todos sabem que o momento é de crise, de grande dificuldade, e precisamos de um esforço conjunto para superar esse quadro. Já conseguimos cortar mais de 500 cargos comissionados, mas precisamos de um ajuste ainda maior para equilibrar as finanças”, observou Diniz.

O prefeito destacou que nos organogramas de ajuste apresentados pelos secretários e superintendentes, há mostras de gestores que compreenderam bem a proposta. E que espera que todos apresentem o esperado para o projeto final de reforma. “Precisamos trabalhar dentro da nossa realidade. E isso requer um esforço de todos”, destacou.

O secretário municipal de Governo, Fábio Bastos, também fez uma exposição realista do quadro atual e da necessidade de ajuste. “Em alguns casos, trabalhamos até com a possibilidade de manter certos quadros, mas a proposta é mesmo de reduzir, porque precisamos diminuir os custeios”, explicou.

O secretário pediu aos gestores que reavaliem os organogramas e ajustem dentro das orientações. E o prefeito ressaltou a possibilidade de remanejamentos de pessoal sempre que possível. O objetivo é que o projeto seja apresentado à sociedade e aos vereadores, através de audiência pública.

Fábio Bastos explicou ainda que a Reforma Administrativa também passa pela diminuição do custeio. “A orientação repassada aos titulares das pastas é para que haja também redução no custeio, pois de nada adianta reduzir o quantitativo sem paralelamente reduzir o custo. Portanto, pedimos nova adequação dos organogramas apresentados, com o reforço da consciência de todos para juntos atingirmos nossos objetivos”, enfatizou.

*Fonte: Secom Campos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: