Ferrugem, Madureira, Magal e Pinto de volta à Câmara de Vereadores

A sessão desta terça-feira (23) da Câmara Municipal de Campos já contou com as participações de Thiago Ferrugem (PR), Vinícius Madureira (PRP), Jorge Magal (PSD) e Roberto Pinto (PTC), que estavam afastados pelo juiz da 100ª Zonal Eleitoral, Ralph Manhãs, por suposto envolvimento na Operação Chequinho, da Polícia Federal. Com o retorno dos quatro voltaram à condição de suplentes, Roberta Moura (PR), Josiane Morumbi (PRP), Beto Cabeludo (PTC) e Thiago Godoy (PR), este último se quer assumiu o mandato.

Magal foi o primeiro a falar no plenário, se limitou a fazer um agradecimento a Secretaria Municipal de Limpeza Pública e a elogiar o líder do Governo, Fred Machado. Ele evitou comentar a decisão da Justiça Eleitoral que lhe devolveu o mandato. O quarteto recebeu as boas vindas do vereador Silvinho Martins. “Vocês tem legitimidade para estarem aqui”, disse o colega de parlamento.

Mais seis vereadores, Linda Mara (PTC), Ozéias Martins (PSDB), Miguelito (PSL), Kelinho (PR) e Thiago Virgílio (PP), que chegaram a serem presos na Operação Chequinho, e Jorge Rangel (PTB), aguardam a publicação de acórdãos, após decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinou a diplomação dos políticos. Eles entrarão nos lugares dos suplentes, Cabo Alonsimar, Joilza Rangel, Carlos Alberto Canaã, Neném, Marcelo Perfil e Geraldinho.

Rep: Márcio Fernandes

Foto: Chek

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: