Prefeito de Búzios é afastado por 90 dias e pode ser cassado

O prefeito de Búzios (RJ) André Granado vai enfrentar um processo de impeachment aprovado pela Câmara de Vereadores durante sessão nesta quinta=feira (1), foram seis votos favoráveis e um contrário. Ele é acusado de supostamente ter desviado mais de R$ 36 milhões em licitações fraudulentas. Os vereadores também decidiram afastar o prefeito por 90 dias.

Pela aprovação do processo de impeachment votaram os seguintes vereadores: João Carlos Alves de Souza (Cacalho) – presidente do Legislativo, Gladys Nunes, Valmir Martins de Carvalho (Valmir Nobre), Adiel da Silva Vieira (Dida Gabarito), Josué Pereira dos Santos e João Carlos Souza Dos Anjos (Dom), enquanto os contrários à proposta foram três: Nílton César Alves de Almeida (Niltinho de Beloca), Miguel Pereira e Joice Costa.

Em seguida foi realizada sessão extraordinária para votação do Projeto de Resolução 06/2017, de iniciativa da Mesa Diretora, a fim de criar a comissão processante, que vai apurar as denúncias, que poderão culminar no impeachment do prefeito. O prazo dos trabalhos da comissão será de 90 dias. Esse projeto de Resolução foi aprovado por unanimidade.

Também foi votado o Projeto de Decreto Legislativo 02/2017, visando o afastamento do prefeito André Granado por 90 dias. O Decreto foi aprovado por seis votos favoráveis (João Carlos Alves de Souza, Gladys Nunes, Valmir Martins de Carvalho, Adiel da Silva Vieira, Josué Pereira dos Santos e João Carlos Souza Dos Anjos) contra três (Nílton César Alves de Almeida, Miguel Pereira e Joice Costa). Ambas proposições foram aprovadas em regime de urgência especial.

Com a aprovação do afastamento do prefeito André Granado por 90 dias, o vice-prefeito Carlos Henriques Pinto Gomes assumirá o cargo a partir de hoje.

*Redação com assessoria

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: