Passagem a R$ 2 prejudicará 300 mil pessoas e vai significar desgaste político

O Projeto de Lei enviado a Câmara de Vereadores pelo prefeito de Campos, Rafael Diniz (PPS), aumentando em 100%, de R$ 1 para R$ 2, o valor da passagem social, se aprovado vai significar prejuízo no bolso dos cerca de 300 mil passageiros que fazem uso do transporte coletivo no município, agradar os empresários do setor e causar um rombo na suposta popularidade do chefe do Executivo. A passagem a R$ 1 nos ônibus foi criada em maio de 2009 pela ex-prefeita, Rosinha Garotinho, adversária política de Rafael.

“Quebraram, arrombaram os cofres de Campos. E por tudo isso o que fizeram temos que tomar medidas difíceis. São R$ 2,4 bilhões de dívidas, um déficit mensal de R$ 35 milhões. Essas medidas têm que ser tomadas porque foram irresponsáveis lá atrás”, argumenta o prefeito em um pronunciamento nas redes sociais, sem fala quais são as medidas.

. Nas redes sociais há quem se manifeste favorável a iniciativa do prefeito, só que a maioria dos internautas já deixou claro que desaprovam. No Poder Legislativo a expectativa é pelo voto dos vereadores que fizeram parte da bancada governista no governo anterior

“Eu estou torcendo para os parlamentares que votaram a passagem a um real no passado, a mantenham. E não é só isso, se aumentar vai mexer com a economia do município de forma muito negativa. E o trabalhador é quem vai pagar, pois terá que tirar dinheiro de outro lugar para botar na passagem. Isso “é um buraco negro”, alerta o vereador Thiago Ferrugem (PR).

O engenheiro Carlos Faria Café usou seu perfil no Facebook para fazer duras críticas à proposta de aumentar a passagem social. “Não dá para levar a sério um prefeito que quer equilibrar suas finanças cortando programas sociais das massas mais pobres, que diminue a qualidade e a quantidade da comida do restaurante popular, que aumenta 100% a passagem social”, publicou ele.

Mas nem todos nas rede sociais desaprovam a possibilidade da passagem social pular de R$ 1 para R$ 2. “Ufa ate que enfim vamos ter ônibus e dignidade com o povo, nem um Guaravita custa 1 real …politica do 1 Real nunca mais”, postou o internauta Luciano Grain Lemos, no Facebook.

Rep: Márcio Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: