Multinacional do setor de gás firma parceria com Senai para formar técnicos

A oportunidade é para formados e recém formados em mecânica e edificações, com idade superior a 18 anos. A multinacional Fenosa (Fundação Gas Natural Fenosa), grupo espanhol que é operador da CEG (Companhia Estadual de Gas), no Rio de Janeiro, firmou parceria com o Senai (Serviço Nacional da Aprendizagem Industrial)para formar técnicos em em gás para autovistoria em edificações. Ao todo serão formadas 10 turmas para formar 120 inspetores de forma a atender de imediato a demanda reprimida das empresas habilitadas pelo Inmetro que realizam inspeção periódica nos equipamentos de gás nas cidades fluminenses, como em Campos dos Goytacazes, onde a CEG, braço da Fenosa, tem expandido sua rede de gás para postos de combustíveis, condomínios, residências e prédios comerciais.

De acordo com informações do gerente executivo da Firjan no Norte Fluminmense Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) em Campos, que abriga as instalações do Senai, Luis Mário Concebida, a Fundação Gas Natural Fenosa, escolheu o SENAI após uma comitiva de exetivos e técnicos da Fenosa visitar as instalações do Senai no bairro da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro. “A visita bastou para que os representantes da Fenosa escolhessem o Senai como parceiro na América Latina para formar alunos no curso de Técnicas de Inspeção em Gás para Autovistoria em Edificações. Inicialmente essa parceria está acertada para formar 10 turmas, entre abril e dezembro de 2017 ano”, destaca Luiz Mário.

O coordenador de Projetos Internacionais da Fenosa, Manuel Beguer, destacou a excelente infraestrutura da unidade: “Estive aqui há dois anos e estou impressionado como o SENAI continua melhorando e aperfeiçoando as suas instalações. O nível de ensino é realmente muito alto”, avaliou Beguer.

Para Marivane Magon, gerente Regional de Mercado e Vendas do Sistema FIRJAN, essa ampliação de relacionamento com a Ceg demonstra que o SENAI está atuando sempre com as empresas no desenvolvimento de profissionais que elas mais precisam. “A parceria é, acima de tudo, um projeto social com uma previsão de geração de empregos, o que vai ao encontro da nossa missão”, explicou.

Na Ceg, a diretora de Comunicação Fernanda Amaral explica que o projeto surgiu a partir da grande demanda do mercado por profissionais aptos a atuarem no ramo gasista. “Foi criada uma lei que estabelece que os consumidores realizem a cada cinco anos uma autovistoria nas instalações e aparelhos a gás. Com base nessa medida preventiva, resolvemos ajudar a desenvolver esse novo mercado, auxiliando na qualificação da mão de obra e garantindo a segurança do uso do gás no estado do Rio”, detalhou Fernanda Amaral.

Das Inscrições – As inscrições para o curso serão abertas agora em abril. Os interessados vão passar por uma prova conduzida pelo SENAI e uma entrevista realizada pela Ceg. Os candidatos devem ter mais de 18 anos e ensino médio completo com formação técnica em Mecânica ou Edificações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: