Garotinho no STF contra decisão do TSE de manter ação na 100ª ZE

O advogado Fernando Fernandes, do ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, vai entrar com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de manter a ação na 100ª Zona Eleitoral que apura um suposto envolvimento do político na Operação Chequinho, da Polícia Federal. O anúncio feito pelo advogado de defesa, sai após o TSE garantir a liberdade de expressão ao ex-governador.

“Vamos recorrer da decisão que manteve o juízo da 100. O TSE entendeu que a ordem do juiz era ilegal e abusiva. O TSE entendeu que não havia uma ofensa ao juiz natural, que para a defesa é clara e evidente. Por tanto vamos entrar com recurso no STF”, afirmou o advogado de Garotinho.

Além disso, o ex-governador usou seu blog para dizer que brevemente se pronunciará sobre a Operação Chequinho. “Hoje ainda não falarei sobre o caso, mas nos próximos dias, com o meu direito constitucional da liberdade de imprensa e expressão restabelecido, estarei me pronunciando sobre os fatos que vêm ocorrendo nos julgamentos em Campos”, diz ele.

A decisão do TSE garantiu a diplomação de seis vereadores em Campos que não haviam sido em 2016. Também mais quatro vereadores foram liberados para retornarem a seus mandatos pelo juiz Ralph Manhãs.

*Rep: Márcio Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: