Garotinho não violou prisão domiciliar, diz Seap

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) confirmou que o ex-governador do Rio, Anthony Garotinho não violou a prisão domiciliar a que está submetido desde a semana passada em sua casa no bairro da Lapa, em Campos. De acordo com a Seap, o que na verdade ocorreu foi um problema técnico na tornozeleira eletrônica.

Sua esposa, a também ex-governadora e ex-prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, classificou como coincidência a informação de uma suposta violação da prisão domiciliar ter sido divulgada exatamente quando o ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) analisaria um pedido de habeas corpus que beneficiaria seu marido.

“O ministro Tarcísio analisa um pedido de habeas corpus e poderia concedê-lo ainda hoje. É muita coincidência essas informações, que saíram da Seap, que pertence governo do estado, terem chegado ao conhecimento dele justamente neste momento. E justamente quando todos os jornais noticiam a condenação do (ex-governador Sérgio) Cabral, que meu marido ajudou a denunciar”, diz a ex-governadora Rosinha Garotinho, mulher de Anthony Garotinho.

*Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: