Estiagem leva Itaocara e Miracema a decretarem estado de emergência

Em decretos publicados nesta segunda-feira (25) as Prefeituras de Miracema e Itaocara, no Noroeste Fluminense, decretaram estado de emergência. A decisão foi por conta da estiagem que atinge as duas cidades distantes 38 quilômetros uma da outra.

Com a decretação do estado de emergência, as duas Prefeituras ficam dispensadas de licitarem contratos para aquisição “de bens necessários as atividades de resposta ao desastre”.

Em Itaocara, segundo dados da Secretaria de Agricultura, foram registradas 94 queimadas entre os meses de agosto e setembro e não chove há aproximadamente três meses. Em Miracema, foram 14 incêndios e de acordo com a Defesa Civil, choveu apenas 18 milímetros em 2017, sendo que o ideal seriam 100 milímetros.

Segundo as prefeituras, a falta de chuvas está afetando a economia local, pois as duas cidades têm como principais atividades econômicas a agricultura e a pecuária.

“A medida é necessária. É muito grave o que estamos vivendo. A estiagem e os incêndios estão tirando o nosso sono. Tínhamos que tomar uma medida”, declarou o prefeito de Miracema, Clovinho Tostes (PP).

*Fonte: G1   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: