Advogado de Garotinho entra com pedido de habeas corpus

O advogado, Carlos Azeredo, do ex-governador Anthony Garotinho, entrou na última quinta-feira (14) com um pedido de habeas corpus para soltá-lo da prisão domiciliar que cumpre desde quarta-feira (13), em sua casa no bairro da Lapa, em Campos.  A defesa alega que a prisão por compra de votos nas eleições de 2016 na cidade foi arbitrária.

“A prisão foi tão arbitrária que acredito que o TRE vá rever isso o quanto antes”, afirmou o advogado de Garotinho.

Além disso, Azeredo entrou com uma reclamação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a proibição do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Garotinho se manifestar nos blogs, redes sociais e no programa que apresenta diariamente na Rádio Tupi.

“A decisão do TRE tirou dele um direito assegurado constitucionalmente. E além disso, viola uma decisão do TSE que já havia se posicionado a respeito no ano passado “, falou o advogado.

Enquanto isso, a sua esposa, a também ex-governadora e ex-prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, fez um apelo a presidente do Superior Tribunal Federal (STF), ministra Carmem Lúcia, em defesa de seu marido.

“Meu marido não roubou nem desviou dinheiro público, não cometeu crime algum, ele apenas denunciou os maiores corruptos do estado que foram presos mas continuam dando ordem de dentro do presídio, inclusive para matá-lo.

Na rua onde mora, no bairro da Lapa, em Campos,  partidários do ex-governador vão diariamente manifestar apoio a Garotinho e a família.

*Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: